Em primeiro lugar, a Kratki esta presente no mercado Polaco desde 1998. Com o tempo, a Kratki tornou-se um fabricante muito respeitado no mercado europeu. Além disso, distinguem-se pelo fabrico de recuperadores de calor, grelhas, lareiras e acessórios para lareiras.

Os seus produtos de alta qualidade e preços acessíveis, conquistaram a confiança e a escolha dos clientes, o que permitiu conquistar a posição de líder neste setor. 

A Kratki orgulha-se por isso da sua posição no mercado, uma vez que é um dos principais fabricantes europeus de lareiras.

Os equipamentos Kratki estão disponíveis em mais de 60 países.

Em suma, a missão da empresa é criar uma visão do fogo vivo e do calor gerado para ser apreciado por todos. Portanto, o objetivo final da empresa é fornecer produtos de alta qualidade a preços acessíveis.

A Kratki tem vários objetivos: 

  • Fornecer produtos de alta qualidade a preços acessíveis,
  • Criação da imagem de que o produto polonês, é sinonimo de bom produto,
  • Criar a imagem das lareiras como dispositivos de aquecimento eficientes, econômicos e ecológicos,
  • Apoiar eventos e iniciativas socioculturais e beneficentes direcionadas para crianças,
  • Expandir a oferta de produtos e responder continuamente às necessidades do mercado e dos consumidores através da expansão da gama de produtos,
  • Entregar uma atmosfera acolhedora à casa dos clientes.

Assim sedno, na Klclima encontra equipamentos deste fabricante!

Vale Eficiência

A Klclima – é uma empresa que aderiu ao Programa de Apoio “Vale da Eficiência” – 1ª Fase Tipologia 3.3 – Caldeiras e recuperadores a biomassa com elevada eficiência

Consulte em: https://www.fundoambiental.pt/plataforma-vales-de-eficiencia/lista-de-fornecedores-vale-eficiencia.aspx

Vale de Eficiência:

O programa “Vale Eficiência” enquadra-se num conjunto de medidas que visam combater a pobreza energética e reforçar a renovação dos edifícios, a nível nacional. Este vale possibilita o aumento do desempenho energético e ambiental dos mesmos, do conforto térmico e das condições de habitabilidade, saúde e bem-estar das famílias. Portanto, contribui para a redução da fatura energética e da pegada ecológica.

Enquadra-se no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) de Portugal. Estando enquadrado no investimento TC-C13-i01 – Eficiência Energética em Edifícios Residenciais da Componente C13 – “Eficiência Energética em Edifícios.

Assim, ao abrigo deste programa pretende-se entregar 100.000 “vales eficiência” a famílias vulneráveis até 2025, no valor de 1.300 € acrescido de IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado) cada. Desta forma, pode então investir na melhoria do conforto térmico da sua habitação, quer seja em intervenções na envolvente, quer pela substituição ou aquisição de equipamentos e soluções energeticamente eficientes. A presente fase do Programa, visa a entrega de 20.000 vales.

Em que consiste o Vale Eficiência: 

Portanto, o programa “Vale Eficiência” pretende ainda estimular e dinamizar o desenvolvimento económico e social, com o envolvimento das empresas, locais e nacionais. Desta forma as empresas que prestam serviços às famílias ao abrigo deste programa, impulsionam a recuperação da economia, geram riqueza e criam emprego. 

Esta iniciativa encontra-se também alinhada com os objetivos nacionais em matéria de energia e clima, com vista a atingir a neutralidade carbónica em 2050. 

Assim sendo, a operacionalização deste Programa será realizada através do Fundo Ambiental (FA), com o apoio da Agência para a Energia (ADENE) e da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG).

A presente iniciativa tem como objetivo contribuir para a mitigação de situações de pobreza energética, através da atribuição a famílias economicamente vulneráveis e em situação de potencial pobreza energética. Um vale no valor de 1.300€ (mil e trezentos euros), acrescidos de IVA à taxa legal em vigor, para que estas possam usar em fornecedores aderentes ao Programa. Pode ser utilizado na aquisição de serviços, materiais ou equipamentos que permitam melhorar o desempenho energético da sua habitação permanente.

Deste modo, as ações a desenvolver em edifícios habitacionais existentes de habitação permanente, devem contribuir para as metas definidas no Plano Nacional Energia e Clima 2021-2030 (PNEC 2030). Na Estratégia de Longo Prazo para a Renovação dos Edifícios (ELPRE) e na Estratégia Nacional de Longo Prazo para o Combate à Pobreza Energética, bem como para outros objetivos ambientais.

Mais aqui: https://www.fundoambiental.pt/apoios-prr/vales-eficiencia.aspx

 

casa mais eficiente